Um Poeta Crônico (Anderson Shon)

08:00 4 Comments A+ a-


Um pouco sobre o livro...
O compêndio de poesias de toda uma vida – UM POETA CRÔNICO – é a tentativa de Anderson Shon de romper com a barreira intelectualóide e romântica já imaginada do gênero. Com temáticas diversas, rimas menos previsíveis e nem negativo (ou positivo, a depender de sua visão filosófica da vida), o Um Poeta Crônico vem atraindo leitores que, anteriormente, torciam a boca para poesias e seus vizinhos. O formato esbanja informalidade, algo que Anderson Shon se propôs a fazer, pois queria ter um livro acessível a todos, desde o machão alfa até a menininha doce que colhe flores no campo. O Meio, O Vigilante Mister Tipo, Essa é pra você, Máquina Perdida são exemplos de poesias que agradam a gregos, troianos, persas e vários outros representantes de civilizações antigas. Em outubro, foi lançado Os Sentimentos Crônicos, documentário que conta um pouco das inspirações e referências do Um Poeta Crônico, além de conter poesias declamadas em formato de videoclipe. Mudar a sua visão do mundo é o que o Um Poeta Crônico faz, então não perca essa oportunidade e aproveite o bom lado poético da vida.

E aí, é bom?
Sempre gostei muito de poesia e de todo significado que cada palavra tem para tornar-se poesia. Com o livro Um poeta crônico não foi diferente, gostei e me identifiquei com cada poesia.

Uma linguagem contemporânea percorre todo o livro, fazendo com que a leitura seja fácil e que a identificação com aquela poesia se torne maior.

Tirando o fato de que uma poesia estava sem nome (não sei se foi de propósito) e uma outra estava apenas com o título e sem nenhuma poesia, o e-book foi bem construído.

As páginas são diferentes o que não deixa a leitura tão cansativa, mas recomendo que leia em algum lugar parado, pois se você estiver se mexendo enquanto lê uma página preta pode dar uma embaralhada no cérebro. 

Gostei muito de ler o Um poeta crônico. Você já conhecia o Anderson Shon? Gosta de poesia? Uma observação, você podem comprar o livro direto com o Anderson, ele apenas me mandou uma versão em PDF, ou seja, provavelmente o livro não tem erros.

4 comentários

Write comentários
Daiany Gomes
AUTHOR
22/07/2015 21:51 delete

Fiquei super curiosa pra ler esse livro. Não tenho muita paciência pra poesia, confesso haahahah mas essa descrição me chamou a atenção

Reply
avatar
22/07/2015 21:57 delete

Vai lendo aos poucos que você consegue, hahaha. Eu gostei porque as poesias envolvem uma linguagem contemporânea, então é bem mais fácil de ler.
Beijos.

Reply
avatar
22/07/2015 23:52 delete

Que bacana Manu! Achei interessante a forma como você descreveu o livro. Eu gosto de poesia de todos os jeitos. Me sinto no meio de um labirinto onde eu só tenho coisas boas para encontrar. Anotei aqui nos desejados!

Beijinhos pra você!

Reply
avatar
23/07/2015 00:18 delete

Eu também, Van. Se você comprar, me avisa e me diz o que achou da leitura.
Beijos.

Reply
avatar